• Cefas Alves Meira

Zé Gotinha, o retorno. Estrela a campanha de vacinação 2020


O personagem foi criado em 1986, para tornar a vacinação menos temida pela criançada

Lembra-se do Zé Gotinha? Foi aquele personagem criado em 1986 pelo artista plástico Darlan Rosa, para a campanha de vacinação contra o vírus da poliomielite, realizada pelo Ministério da Saúde da época. Seu principal objetivo era tornar as campanhas de vacinação mais atraentes para as crianças.

Como nada se cria, mas tudo se copia, um dos jargões do saudoso Chacrinha, Zé Gotinha - com toda a família - vai estar breve na mídia. No próximo mês deve ocorrer o lançamento, pelo MS, da campanha de multivacinação de 2020.

Fields

A criação foi entregue à Fields, que trabalhará uma verba de R$15 milhões, somente na fase inicial. A agência conquistou a conta do MS para essa campanha recentemente, em concorrência interna, disputando com a CC&P, Calia e Nova/SB, que atendem também o Ministério.

Em sua proposta na licitação, a Fields apresentou dois conceitos, saindo vencedor “Movimento Vacina Brasil. É mais proteção para todos”. O tema procura fortalecer a iniciativa do Movimento Vacina Brasil, e aproveitando para dar destaque ao momento atual da pandemia.

No processo de avaliação da concorrência interna, a proposta da agência conseguiu nove votos dos julgadores, formados pela equipe técnica da Assessoria de Comunicação do Ministério da Saúde, juntamente com o Núcleo de Comunicação (Nucom) e área técnica da Secretaria de Vigilância em Saúde, responsável pelo Programa Nacional de Imunizações.

A outra linha criativa da Fields, não aprovada, foi “Atualizar a caderneta é proteger a história dos seus filhos”.

A Comissão de Licitação descartou duas linhas propostas pelas outras agências. As da CC&P (“Vacine seus filhos. Cuide de quem você ama.” e “Caderneta de vacinação completa, cuidado completo”), As da Calia (“A vida pede proteção. A vacina protege.”, e “Eu vacino. Tem vacina, tem proteção”. E as da Nova/SB “Vacinação. Um ato de amor pela vida.” e “Vacine. A vida com proteção tem muito mais diversão”.

As demais concorrentes não ganharam, mas vão levar. Como a conta é atendida pelas quatro empresas de publicidade, ao vencer a licitação a Fields ficará com 40% da verba (R$ 6 milhões), com os R$ 9 milhões restantes distribuídos entre CC&P, Calia e Nova/SB.

0 visualização

Receba nossas atualizações!

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2020  Criado e desenvolvido por Idear Comunicação.

  • Branca Ícone Instagram
  • https://www.facebook.com/blogdocefas
  • https://twitter.com/cefasalves
  • Branca Ícone LinkedIn