• Cefas Alves Meira

Yör. Minas ganha sua primeira fábrica de chocolates


Criatividade, inovação, garra. Mesmo diante de uma crise como a Covid-19. Dentro dessa filosofia, três empresários mineiros criaram a Yör Chocolates, lançada ontem.

É a primeira marca do Estado nesse segmento, e já nasce com loja-conceito em Belo Horizonte, e planejando conquistar outros mercados em 2021. Um dos sócios-fundadores, Alberto Kis, revela que a meta agora é produzir duas toneladas de chocolates até dezembro, e atingindo cinco toneladas no próximo ano. Do total, uma tonelada será destinada aos Estados Unidos.

“Como apreciadores e pesquisadores concluímos que grande parte do que se consome de chocolates hoje é um doce que por acaso leva cacau. As receitas da Yör utilizam matéria-prima Premium, açúcar orgânico em menor quantidade e nenhum aditivo químico nem aromatização. O processo e as receitas resgatam o chocolate tradicional, aquele que era feito no final dos anos 1980”, frisa o empresário.

Belvedere

A loja-conceito da marca foi instalada no Belvedere, na região Centro-Sul da capital mineira. Numa primeira fase, em decorrência da pandemia, os chocolates Yör serão vendidos pela internet.

A marca Yör engloba quatro produtos diferentes: chocolate ao leite 44% cacau de origem única; chocolate intenso com 70% de cacau; chocolate intenso combinado com café do Sul de Minas; e chocolate branco com doce de leite.

Outro diferencial da fábrica de chocolates é o modelo de negócio, onde os sócios apostaram na economia compartilhada para construir a marca. A indústria atua como “encomendante industrial”. A escolha e compra dos insumos, as receitas e o modo de produção são desenvolvidos pela marca, mas o processo de fabricação é realizado por parceiros.

Alberto Kis observa que “a Yör é mineira na sua origem, incorporando sabores e saberes da nossa cultura, mas também é nacional na sua forma de relacionamento com o mercado, e global na busca das melhores variedades de cacau e demais insumos. Com o formato de encomendantes industriais, reduzimos custos e focamos o negócio no desenvolvimento e comercialização dos produtos. Neste primeiro momento, nossos chocolates estão sendo produzidos no interior de São Paulo”..

Planejamento e pesquisa nortearam o surgimento da marca, e nos últimos cinco anos os sócios visitaram países tradicionais na fabricação de chocolates, como Suíça, Bélgica, França, República Dominicana, Estados Unidos, Japão e o próprio Brasil, estando em cidades como Ilhéus, Uruçuca, Gramado, Canela e São Paulo.

0 visualização

Receba nossas atualizações!

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2020  Criado e desenvolvido por Idear Comunicação.

  • Branca Ícone Instagram
  • https://www.facebook.com/blogdocefas
  • https://twitter.com/cefasalves
  • Branca Ícone LinkedIn