• Cefas Alves Meira

Uhuru completa cinco anos crescendo 130% a cada ano


Bruno Ramos, Ruana Pêgo, Daniel Macieira e André Buono. Uma equipe criativa e sinérgica gerando resultados

A Uhuru Comunicação completa cinco anos neste 2021. E tem muitos motivos para comemorar, pois em sua carteira estão clientes como o Shopping Contagem, grupo Cineart, FredTour, MPires (segmento de limpeza), Hermes Pardini, CaptaMed, e o Banco Mercantil do Brasil, entre outros.


Liberdade

O nome Uhuru (pronuncia-se Urrúru), explica um dos fundadores da agência e diretor de planejamento, Daniel Macieira, significa liberdade em suaíle, “e liberdade é um dos pilares da comunicação”, destaca o publicitário.


Quanto à fundação da Uhuru, Bruno Ramos, diretor de criação e co-fundador, revela que ele e Daniel trabalharam juntos por vários anos e, depois de acumular experiência e premiações na criação de campanhas e ações de divulgação para clientes de diversos segmentos, decidiram partir para um novo modelo de atuação.


Sobre o mercado, Daniel Macieira enfatiza que “o segmento ainda pensa muito a comunicação em suas fórmulas e rótulos, mas nunca tivemos a intenção de ser uma agência tradicional, digital, de inbound marketing, ou de branding, como tantas que já existem. Entendemos a importância da especialização e o papel de todas essas ferramentas, mas o que buscamos foi combinar o pensamento estratégico e a sua tradução criativa de uma forma mais integrada ao negócio das empresas que atendemos. É assim que temos evoluído: modelamos nossa estrutura, nossa equipe e nossos serviços ao redor das necessidades dos nossos clientes.”


Cresce 130%

Com a rapidez e consistência nos resultados alcançados, ficou claro que a decisão foi acertada, ressaltam os dois sócios. Desde 2016, a Uhuru vem crescendo aproximadamente 130% ao ano. A agência já iniciou atividades atendendo duas importantes contas: Cineart Multiplex, maior rede de cinemas de Minas, e Cineart Filmes, distribuidora do mesmo grupo.


Pouco depois, juntaram-se à carteira de clientes a MPires, empresa especializada em limpeza profissional, e a FredTour, agência de turismo focada no segmento de altíssimo luxo. Além disso, ainda nos primeiros anos de atuação, a Uhuru foi responsável pela comunicação do espetáculo Nighvodka, do grupo de teatro Armatrux, além de outros projetos culturais no interior de Minas e outros estados.


Mas os impactos da pandemia também atingiram a Uhuru, já que os cinemas e o setor de turismo sofreram uma completa paralisação das suas atividades. “Mesmo assim, a agência conseguiu cruzar 2020 ampliando a sua equipe e o seu faturamento. Nos anos anteriores, a Uhuru já havia expandido a sua atuação com campanhas pontuais para o Banco BS2 e, paralelamente, conquistou dois novos clientes da área de saúde: Hermes Pardini e Captamed”, conta Daniel Macieira.


“Nossa parceria com o Pardini começou também com alguns projetos pontuais e, pouco a pouco, assumimos desafios maiores e mais estratégicos na comunicação e no posicionamento da marca para o mercado de apoio laboratorial”, explica o planner.


Bruno Ramos acrescenta: “A Captamed, por sua vez, chegou à Uhuru pela indicação de um consultor que já conhecia nosso trabalho. A parceria com a empresa vem dando certo e tudo indica que devemos ampliar o atendimento em 2021”.


Ramos explica também, falando sobre a área de finanças, que após atender o BS2, a Uhuru teve a oportunidade de lançar no mercado a rede de lojas de crédito e seguros Bem Aqui, do Grupo Mercantil do Brasil. A marca vem aumentando a sua presença em ritmo acelerado e, com o bom trabalho realizado, a Uhuru assumiu a comunicação do próprio Banco Mercantil do Brasil.


Perspectivas

O cliente mais recente da Uhuru é o Shopping Contagem, conquistado após uma concorrência e para quem a agência já realizou as suas primeiras campanhas. “É um perfil de cliente que já tínhamos experiência prévia de atender, mas que ainda faltava na carteira da Uhuru”, explica Macieira. “Ficamos muito animados pelas possibilidades criativas que um Shopping agrega à nossa pauta. Com certeza, isso nos ajudará também no nosso crescimento”, diz Bruno Ramos.


Mas o objetivo dos sócios não é expandir indiscriminadamente a carteira de clientes da agência. “A Uhuru vem se destacando pela capacidade de compreender o negócio e o mercado das empresas que atende, mas para trabalharmos dessa forma, priorizamos a qualidade sobre a quantidade”, esclarece Macieira.


E observa: “Temos como propósito ajudar os clientes a se comunicar melhor e isso é muito, muito mais complexo do que parece. É um trabalho que exige dedicação, planejamento e a liberdade de diálogo com as equipes de marketing dos clientes, para juntos definirmos as melhores soluções para sua comunicação”.


Para isso, a agência procura manter um crescimento consistente em que novos colaboradores e novas lideranças são integradas gradativamente ao time. Foi assim que, em 2020, Ruana Pêgo e André Buono se juntaram à Uhuru, respectivamente como Head de Atendimento e Head Digital.


“São profissionais com quem também já havíamos trabalhado e que chegaram para agregar à agência, tanto no relacionamento com os clientes, quanto no conjunto de soluções e estratégias que passamos a oferecer”, aponta o diretor de criação Bruno Ramos.



358 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo