top of page
banner-alvorada-fm
  • Cefas Alves Meira

Rádio mineiro perde o ícone João Bosco Torres 

 




Com profundo pesar, o mercado mineiro de comunicação lamenta o falecimento do estimado empresário e radialista João Bosco Torres. Uma figura emblemática em nosso meio, João Bosco foi um pioneiro, cuja voz e visão moldaram significativamente a paisagem da radiodifusão em Minas Gerais. 


João Bosco faleceu nesta sexta-feira, e decorrência de ELA, e será sepultado amanhã em Viçosa, cidade natal do empresário, ícone do rádio mineiro e nacional. O radialista, entre outras funções de destaque na comunicação non Estado, foi diretor por várias vezes da AMIRT -Associação Mineira de Rádio e Televisão.

 

Incansável

Ao longo de sua notável carreira, João Bosco Torres destacou-se por sua dedicação incansável à comunicação, seu compromisso com a verdade e seu profundo respeito pelo público. Como empresário, ele liderou com integridade e inovação, contribuindo enormemente para o crescimento e a diversificação do setor.

 

Sua partida deixa um vazio imensurável, não apenas entre seus colegas e colaboradores, mas também na comunidade que ele tão apaixonadamente serviu. Suas contribuições para o jornalismo e a radiodifusão serão sempre lembradas, e seu legado perdurará através das ondas do rádio que tanto amava.

 

Neste momento de luto, estendemos nossos mais sinceros pêsames à família, amigos e todos aqueles que foram tocados pela sua vida e obra. Que possamos encontrar conforto na lembrança de seu extraordinário impacto e na continuidade de seu legado.

45 visualizações0 comentário
bottom of page