• Cefas Alves Meira

Piercings e tatuagens tiram "Venenosa" da Record Minas



Tatuagens, piercings, expressões ousadas e defesa da comunidade LGBTQIA+. Foram os motivos que levaram Poliana Rozado, apresentadora do “Hora da Venenosa”, quadro do Balanço Geral da Record Minas, a ser demitida da emissora.


Rozado, que no programa fazia dupla com o jornalista e deputado estadual Mauro Tramonte, fez um desabafo no Instagram, no perfil Beyoncé Destruidora, abordando os bastidores de seu convívio na Record MG:


“A Record estava insatisfeita com meu perfil, que sempre foi assim, né? Eles são muito conservadores e começaram a querer me moldar. Até para cobrir tatuagens eles pediram, tirar piercing e tal”


O autor do Beyoncé, Cristiano Rogério, indagou durante o depoimento da ex-apresentadora se a demissão tinha a ver com o salário de Poliana. Ela negou. “Nada a ver. Não pedi aumento, até porque eles nunca dão. Ninguém nem pode. A Record proíbe a gente até de falar de viado”, fuzilou


Em seu Instagram pessoal, Poliana reafirmou que foi demitida por causa de seu perfil. “Não aconteceu nada assim ‘wow’, ‘bafão'”, disse. “Sou ‘diferentona’, no meu jeito de vestir, de falar, de me posicionar, né? Então já não estava mais agradando. E eu acho que é isso mesmo, não acho que estão errados não. Quando não combina mais, quando não é o que a empresa quer, tem que dispensar e chamar outra pessoa que se encaixe dentro desse perfil”, enfatizou.


E agradeceu as mensagens e o engajamento que vem recebendo após seu desabafo: “Vocês adoram uma fofoca, né? Meu engajamento está bombando. Estou recebendo tanta mensagem... Queria agradecer, estou me sentindo superabraçada. Muitas mensagens legais, obrigada”, afirmou.


Gaúcha assume

A jornalista gaúcha Mônica Fonseca substitui Poliana Rozado na “Hora da Venenosa”. Ela já trabalhava no Grupo Record em Porto Alegre, e se mudou para BH especialmente para atuar no Balanço Geral Minas.


Mônica foi “Venenosa” na capital gaúcha de 2015 a 2018. “Tenho um jeito informal, descontraído, sou muito tagarela até. E isso, além de meu currículo na emissora, deve ter contribuído, Me aguardem com as notícias mais quentinhas dos famosos”, anunciou.


Em um comunicado, a TV Record preferiu não abordar diretamente a saída de Poliana Rozado, e sua substituição por Mônica Fonseca.“A emissora segue se reinventando, investindo em uma programação qualificada, profissionais diferenciados e um jornalismo cada vez mais eficiente. O foco principal da Record TV Minas é estar alinhada com as demandas e necessidades dos telespectadores, sempre pautada pelo compromisso de entregar um conteúdo comprometido com a sociedade, garantindo informação e entretenimento de qualidade para a vida dos mineiros”, diz a nota.

142 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo