top of page
banner-alvorada-fm
  • Cefas Alves Meira

Light FM comemorando dois meses de sucesso



Há dois meses - início de setembro – o mercado de comunicação mineiro era surpreendido com uma grande novidade. A Light FM entrava no ar, na sintonia 103,9 FM, substituindo a Extra FM. Neste primeiro bimestre de existência a emissora vem se impondo, com uma programação criativa e dinâmica, ganhando a cada dia mais ouvintes.


O projeto Light FM, segundo executivos da emissora, nasceu da vontade de devolver a Belo Horizonte e Região Metropolitana todo apoio e confiança que o público sempre ofereceu a todas as emissoras da Rede Itatiaia.


O pioneirismo de Emanuel

“Estou no rádio desde minha adolescência. Participei da construção da Rádio Itatiaia, depois Rede Itasat, além de outras emissoras que foram protagonistas na vida dos belo-horizontinos de diversas gerações como a Rádio Cultura, a Extra e a FM Itatiaia”, explica Emanuel Carneiro, CEO da Light FM. Ele acrescenta:


“O quadro atual da nossa sociedade pede uma comunicação que ofereça a leveza necessária para tarefas do cotidiano, para os momentos de celebração, para instantes de reflexão; ou seja, para todas as horas da nossa vida. Afinal, a música sempre esteve presente nas horas mais marcantes da nossa história e a boa música é sempre atemporal e bem-vinda por todos”.


Ainda segundo Emanuel, o veículo rádio, comemorando 100 anos no Brasil, “deixa claro que segue pujante, vivo, relevante e totalmente conectado ao dia a dia das pessoas”.


Espaço de negócios

A chegada da Light FM vem movimentando o mercado publicitário. “A emissora é um novo player ativo e preparado para potencializar negócios, independentemente do segmento”, afirma o diretor-geral Carlos Rubens Doné. revelando que o público-alvo da emissora é formado por pessoas das classes A, B e C, entre 25 e 55 anos. Com base nesse target, ele destaca que a gama de negócios que podem ser fomentados é infinita.


“Consideramos que pessoas desse target são tomadoras de decisão, formadores de opinião, economicamente ativas e prontas para interagirem com marcas e produtos que já fazem ou irão fazer parte do seu cotidiano. Construímos este novo projeto com a clareza do que fazer e do que não fazer. É a sofisticação e a simplicidade juntas na mesma rádio”, ressalta o diretor-geral


Seleção musical

A nova emissora, em sua grade, oferece o que a música tem de melhor. Para essa construção, diz Doné, a Light FM conta com a assessoria da Galla Produções, empresa com know-how no mercado nacional e internacional, com a gênese e desenvolvimento de diversos projetos de sucesso.


“A Light FM vem preencher um espaço relevante no mercado de BH. Essa sintonia chega para construir pontes geracionais, interligando ouvintes que gostam da boa música, sejam as canções do Gilberto Gil ou do Jão, do Elton John ou Post Malone, do The Police ao Bruno Mars”, enfatiza.


Ainda segundo Doné, além da extrema preocupação com a qualidade da programação musical, a Light FM promove contexto cultural e social em Belo Horizonte, por meio de uma seleção de colunistas e programas especiais. “Os principais assuntos da cidade são tratados em quadro que abordam saúde e bem-estar, cinema, tecnologia, educação, automobilismo, entre outros”, frisa o executivo.

95 visualizações0 comentário
bottom of page