• Cefas Alves Meira

Investimentos em propaganda registram crescimento de 29%


Um aumento de 29% em relação ao ano anterior. É o que demonstra levantamento da Kantar Ibope Media sobre a publicidade brasileira em 2021, quando foram investidos R$ 69 bilhões.


O estudo revela que 2020 enfrentou a insegurança de uma situação inédita, que impactou todos os indicadores econômicos, incluindo a publicidade. Mas em 2021, apesar da continuidade do vírus, embora em menor escala, mas com alarmantes recordes de inflação e desemprego, a vacinação permitiu uma reação econômica mais favorável. Reflexo disso é que o investimento em compra de mídia movimentou R$ 69 bilhões – crescimento de 29%.


Segundo a Kantar Ibope, mais de 90% da compra de mídia no Brasil no ano passado se concentraram em 15 setores, liderando o ranking os segmentos de serviços, (20%), comércio (19%), e financeiro-securitário (10%).


A pesquisa mostra também que o número de inserções publicitárias também subiu 37% no Brasil, com o cinema, fortemente impactado em 2020 pelo fechamento de suas salas, obtendo em 2021 uma recuperação de 117% no volume de inserções. No setor out of home (OOH), como outdoors e painéis digitais, o crescimento foi de 39%.


O levantamento da Kantar revela ainda que 2022 começou com tendências positivas na compra de mídia, fruto da aplicação da dose de reforço da vacina, flexibilização do uso de máscaras e a volta dos eventos presenciais.


Houve uma elevação de 22% na comparação entre o primeiro semestre deste ano e o de 2021, tendo sido investidos R$ 17,6 bilhões nos primeiros meses deste ano.

No período, o setor de serviços cresceu 23%, comércio 21% e financeiro-securitário 7%.


A pesquisa foi obtida por meio da Advertising Intelligence, metodologia de soluções da Kantar Ibope, com os valores de investimento feitos em consonância com órgãos de publicidade e propaganda do mercado brasileiro.


O estudo teve como público entrevistado 3.689 salas de cinema, 41 jornais, 48 revistas, 105 emissoras de rádio, 139 emissoras de TV aberta e 47 canais por assinatura, 32 exibidores OOH, canais e veículos digitais, e sites.

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo