• Cefas Alves Meira

Fenapro: 33% das agências já retomaram desempenho


A pesquisa VanPro entrevistou 347 empresas de publicidade de todo o país

O levantamento VanPro, realizado pela Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro), envolvendo 347 empresas de 21 estados e do Distrito Federal, revela que, mesmo em plena pandemia, 33% das agências já conseguiram retomar o desempenho nos níveis anteriores à Covid-19.

Os números da pesquisa são alentadores, já que 41% das empresas veem o futuro com perspectivas boas ou muito boas, e o percentual de agências que aponta as perspectivas como ruins, muito ruins, ou até admite que poderia interromper as atividades, caiu de 30% para 11% do primeiro para o segundo quadrimestre do ano.

Dificuldades

Mas nem tudo é céu de brigadeiro. Os dados do VanPro também mostram que essa retomada do volume natural de negócios não ocorrerá de forma fácil, e que para grande parte das empresas a virada esperada ainda nem começou.

A pesquisa revela que 48% das agências projetam perda de receita superior a 30% em 2020. Mais números: 30% das empresas calculam que levarão mais de um ano para retomar o desempenho de antes da pandemia; 5% acreditam que podem, inclusive, nem recuperar os níveis anteriores à crise. E entre as empresas mais otimistas, 22% preveem se recuperar em seis meses e 42% aguardam a retomada entre seis meses e um ano.

O levantamento mostra que as grandes dificuldades das agências hoje é a “relevância junto aos clientes” (24%), seguida de “gestão da equipe” (22%), “gestão financeira” (22%) e “captação de recursos” (21%).

Desde o início da Covid-19, cerca de 60% das empresas adotaram redução de jornada e do salário dos funcionários; 43% das agências deram férias coletivas à equipe; houve demissões em 39% dessas empresas; 24% foram obrigadas a fazer empréstimos para quitar os salários dos colaboradores. O VanPro aponta ainda que 70% adiaram ou parcelaram os tributos; o crédito regular dos bancos foi utilizado por 16%; e o pagamento de salários pelo BNDES foi uma alternativa para 11% das empresas.

A Fenapro frisa que o perfil predominante dos participantes do estudo VanPro é de agências full-service (95%). A maioria (41%) fatura até R$ 1 milhão; 24% com receita entre R$ 1 milhão e R$ 3 milhões; 11%, entre R$ 3 milhões e R$ 5 milhões; e quase 15% possuem receita entre R$ 5 milhões a R$ 10 milhões, destaca a pesquisa.

40 visualizações

Receba nossas atualizações!

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2020  Criado e desenvolvido por Idear Comunicação.

  • Branca Ícone Instagram
  • https://www.facebook.com/blogdocefas
  • https://twitter.com/cefasalves
  • Branca Ícone LinkedIn