• Cefas Alves Meira

Euler Mendes e a Stalo [IN], que cresce na pandemia


O publicitário está à frente da agência desde sua fundação, em 2003

Não é uma banda de rock, mas começou suas atividades dentro de uma garagem. É a Stalo, criada em 2003 como empresa de comunicação integrada por três alunos do sexto período do curso de Publicidade e Propaganda da PUC Minas.

Focada em contas privadas, a Stalo atua com segmentos diversificados, e vem registrando crescimentos gradativos e orgânicos desde a fundação, ostentando hoje uma sólida e invejável carteira de clientes.


Stalo [IN]


Euler Mendes, CEO da agência, explica que em 2018 a Stalo mudou o modelo de negócio, tornando-se Stalo [IN] Ecossistema de Comunicação, acreditando que os serviços das agências tradicionais não atendem as dores atuais do mercado.


“Se a forma de relacionar, investir, comprar, locomover, vender, muda, por que as agências não?”, diz o publicitário, acrescentando: “Assim, nos refundamos e dentro do ecossistema temos mais de um modelo de agência, voltado para cultura, processos e serviços novos e redesenhados, e

serviços de consultoria em diversas áreas”.


O CEO da Stalo [IN] frisa que, sustentados por esses pilares, “temos vários pontos que diferem do mercado tradicional. Nossa filosofia de trabalho busca a inovação contínua, se atualizando e realizando experimentações todo o tempo”.


Carteira sólida

A agência possui um quadro de 65 funcionários, que Euler prefere chamar de colaboradores, atendendo clientes como a Vale Mineradora, Minas Shopping, Oi, Rede Accor Hotéis, Banco Semear, Apoio Atacadista, Faculdade Unimed, Unimed Aeromédica, Fundação São Francisco Xavier, Microcity, construtoras, e loteadoras entre outras empresas.


E como a pandemia afetou a Stalo [IN]? “Está sendo para nós um momento bom administrativamente, pois ao lançarmos esse novo modelo, tivemos uma aceitação muito grande, e conquistamos clientes importantes neste período. E novos parceiros estão a caminho”, ressalta Euler Mendes



234 visualizações0 comentário