• Cefas Alves Meira

Dan Zecchinelli vai para a Artplan Rio


O publicitário deixa a Filadélfia depois 13 anos comandando a criação da agência

O mercado publicitário das Gerais não perde sua efervescência, deixando a crise sanitária em plano secundário. Depois de campanhas veiculadas nacionalmente; vídeos criados aqui e solicitados para exibição lá fora (campanha da Carnaval da PBH, feita pela 18); e agências participando de concorrências no Rio, São Paulo e outros centros, mais um golaço da propaganda mineira. O diretor de Criação da Filadélfia, Dan Zecchinelli, foi convidado e será o novo redator da Artplan Rio. Deixa a agência mineira, onde atuou por quase 13 anos, certo de que refletirá no Rio toda a experiência adquirida junto aos companheiros da Filadélfia. Histórico Formado em Comunicação Social/Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Dan entrou no mercado publicitário em 1993, em Vitória, como redator na ASA, então filial da agência de de Edgard de Melo. “Cheguei a BH em 1997, atuando na matriz Asa, e depois fui para a SMPB, Tom e Greco. Nesse meio tempo me transferi para São Paulo onde trabalhei na Master, JWT e DM9DDB. Também já trabalhei no Rio - JWT, Duda, Artplan e Prole. Retornando ao mercado mineiro, me integrei à Filadélfia em 2008, como diretor de criação”. O jovem criativo já exibe, com orgulho, premiações como leão de Cannes, London Festivals, NY Festivals, The One Show, El Ojo, Clio, Profissionais do Ano da Globo, CCSP, Prêmio Abril, CCPMG, Colunistas. Clientes de envergadura nacional e regional já foram atendidos pela criatividade de Dan Zecchinelli, como campanhas desenvolvidas para a TIM, Claro, Bavaria, Petrobras, Ministério da Saúde, Governo de MG, Prefeitura do RJ, Arames Belgo, Inhotim. A elas se somam ações como “Multiplicando Você” (Maxitel). “Impressionante”, (Inhotim), “Copa do Interior Paulista”, (Bavaria). "Campainha", para o Ministério da Saúde. “The World's Most Downloaded Man” para a Câmera Clara, e a fenomenal (#NãoEsqueçaMariana). E como se deu a ida para de Dan para a Artplan Rio? Ele conta: “Há um mês e meio recebi o contato do Marcello Noronha, diretor de criação da agência. Fomos conversando, as ideias foram convergindo, e acabamos fechando. Eles precisavam melhorar a entrega criativa para clientes da agência, elevar o patamar. E eu cheguei à conclusão de que estava na hora de enfrentar novos desafios”. E qual será a área de atuação na Artplan Rio? “Serei novamente redator, coisa que nunca deixei de ser, mesmo no cargo de diretor de criação. É uma volta às minhas origens, um retorno a uma função que adoro desempenhar: ter ideias que façam diferença para as marcas. Ainda não tenho um diretor de arte definido para duplar”. E como Dan Zecchinelli avalia essa nova ida para a Artplan? “Vai ser um uma oxigenada boa, depois de quase 13 anos em Minas. A Artplan é uma agência que faz parte da história da propaganda no Brasil, com campanhas icônicas para grandes marcas como Rock in Rio, Banco do Brasil e outras. É um desafio e tanto deixar uma marca profissional em uma agência desse porte. E fala sobre os desafios no Rio: “Já me adiantaram alguns projetos, que por enquanto não posso revelar. Espero fazer trabalhos memoráveis, que façam a diferença para as marcas que vou atender. E me divertir enquanto isso, fazendo novas amizades entre os profissionais da agência. Uma coisa que sempre procurei e sempre consegui: fazer amigos na profissão, tanto no Rio quanto em SP ou BH. Aliás, não mudarei de cidade: trabalharei remoto daqui. Uma coisa interessante que a pandemia possibilitou. Saudade antecipada da agência mineira: “Tenho muito orgulho do trabalho que realizamos na Filadélfia. Foram quase 13 anos, sempre intensos, onde pude contribuir com a história e a reputação criativa da agência, criando campanhas memoráveis, dando resultados para os clientes, vencendo concorrências, ganhando prêmios nacionais e internacionais, ajudando a manter Minas no mapa da criatividade, e formando profissionais que foram brilhar em outros lugares do Brasil e do mundo”. E complementa: “A Filadélfia é a minha casa. Fiz amigos para sempre e não foi uma decisão fácil de tomar. Mas a criação da agência agora está nas ótimas mãos de Carol Penido, minha grande amiga e uma diretora de arte e de criação brilhante.


290 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo