top of page
banner-norte-1
  • Foto do escritorCefas Alves Meira

Cemig combate “gatos” sugerindo adotar um gato 

Conscientizar a população sobre os riscos e prejuízos das ligações irregulares, popularmente conhecidas como "gatos", e orientar os clientes a denunciarem a prática.  


É o objetivo da nova campanha da Cemig, que, em parceria com lares de adoção de pets, estimula a adoção de gatinhos, com as peças alertando: gato de verdade é legal, gato de energia não. 


A campanha destaca os perigos e as consequências das ligações irregulares, responsáveis por um prejuízo anual de quase R$ 500 milhões à companhia e que pode causar acidentes e comprometer o fornecimento de energia para clientes regulares.


Crime 

A Cemig destaca que, além de crime, o furto de energia é perigoso e pode gerar consequências negativas que vão muito além da empresa. A prática representa prejuízos para toda a sociedade e, principalmente, riscos à segurança, podendo causar graves danos, de ferimentos à morte. Assim, a ideia da campanha é abordar um tema sério e relevante com leveza e bom humor. 

 

A diretora de Comunicação Empresarial e Sustentabilidade da Cemig, Cristiana Kumaira, ressalta a importância da ação e as estratégias adotadas para suavizar a mensagem e atrair a atenção dos clientes. "Tentamos usar o bom humor para que a campanha obtenha sucesso e desperte o interesse da população para este tema tão importante", explica Kumaira. 

 

A diretora enfatiza que o consumo irregular e clandestino não faturado é dividido entre a companhia e os clientes adimplentes. "O furto de energia é uma prática que traz grande prejuízo à sociedade, pois todos os clientes pagam por isso", diz.

 

Adoção

De acordo com a diretora da Cemig, existem muitos gatos para serem descobertos e adotados em abrigos de animais. Ao mesmo tempo, existem muitos “gatos” de energia para serem descobertos e combatidos.

 

"Como uma boa ação puxa a outra, a campanha da empresa, em parceria com os lares de adoção de animais O Lobo Alfa e Projeto Cãomer, de Belo Horizonte, incentiva a adoção de gatinhos, ao mesmo tempo em que alerta sobre os gatos de energia", afirma Cristiana, acrescentando: "A Cemig e os lares de adoção de pets estão juntos por duas boas causas. Para adotar um gatinho de verdade, ligue para os abrigos parceiros. Para denunciar gatos de energia, é só ligar 116", orienta. 

 

A campanha

As peças, inspiradas no conceito *Gato, sim. Gato de energia, não”, estão sendo veiculadas em rádios, outdoors sociais, transporte coletivo, painéis de LED e redes sociais, onde conta com a participação do influencer "gateiro" Rafael Maidl, incentivando a adoção dos bichinhos e a denúncia dos gatos de energia. A iniciativa foi sucesso no Instagram, onde atingiu um dos maiores níveis de engajamento positivo junto ao público desde a entrada da Cemig na plataforma. 

 

Além da divulgação das imagens dos gatinhos disponíveis para adoção, as artes da campanha também contam com o uso de ferramentas de inteligência artificial, com gatos em diversas situações que colaboram para que o assunto seja abordado de forma mais lúdica e conquiste a simpatia imediata do público. 

 

114 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page