top of page
banner-norte-1
  • Foto do escritorCefas Alves Meira

Imóveis: encontro vai mostrar que o céu é o limite para a inovação


Trabalhando o conceito "O céu é o limite: construa novos horizontes", será aberto quarta-feira, em Belo Horizonte, o 86º Encontro da ABMI, promovido pela Associação Brasileira do Mercado Imobiliário. O evento trará uma programação abrangente, composta por painéis e palestras que irão debater “cases” de vendas de imóveis, rentabilização de carteiras de locação e a recuperação dos grandes centros urbanos por meio de projetos de retrofit.


Adriana Magalhães, diretora da CéuLar Netimóveis, associada local da ABMI, revela que questões jurídicas relevantes no mercado imobiliário também serão abordadas no simpósio, juntamente com tendências de comunicação e marketing. A empresária ressalta que o evento não deixará de discutir o contexto atual da economia brasileira e mundial, bem como o tripé de governança, responsabilidade social e ambiental das organizações.


Pujança

“Queremos demonstrar aos associados a pujança de Minas Gerais e o orgulho que temos em representar a ABMI", destaca Adriana, que também é diretora de eventos da entidade.


A executiva reforça que o slogan "o céu é o limite" remete à busca incessante por tendências e por estar na vanguarda do mercado imobiliário. “Reflete compromisso em buscar as melhores soluções e facilidades para os negócios do setor, bem como a ênfase na qualidade dos serviços oferecidos e das melhores práticas adotadas. O mote também representa o crescimento sustentável da empresa e destaca a importância das imobiliárias para o desenvolvimento das cidades”, frisa.



Programação

O primeiro dia do encontro, quarta, como já é de costume nos eventos presenciais da ABMI, será marcado pela visitação à sede da empresa anfitriã, a mineira CéuLar Netimóveis. A imobiliária fica em um bairro histórico da capital mineira, o Cidade Jardim, a uma quadra do museu Abílio Barreto.


Na quinta começa de fato o encontro, no auditório do hotel Mercure Lourdes Hotel, onde todos ficarão hospedados. A partir das 9h, após as boas-vindas do presidente da ABMI, Ricardo Abreu, e dos dirigentes da empresa anfitriã, um dos destaques da manhã será a palestra “O papel da comunicação nas empresas do mercado imobiliário”, a cargo de Cássia Ximenes. A empresária é jornalista com especialização em comunicação empresarial, e também preside a Câmara do Mercado Imobiliário e o Sindicato de Habitação (CMI/Secovi-MG.

Gilmar Dias dos Santos, diretor-presidente da Construtora EPO, faz também palestra na manhã de quinta, falando sobre ESG e gestão de negócios. À tarde, a economista Rita Mundim, mestre em Administração e especialista em Ciências Contábeis e Mercado de Capitais, traçará um panorama do que vai pelo Brasil e o mundo, na palestra "Cenários econômicos: a importância do associativismo no século 21".


Na sexta-feira, uma das grandes atrações será "Na ponta da língua", que terá como personagem principal um destacado prata da casa, Raul Gilberto Fulgencio (comemorou em 2022 meio século de mercado imobiliário). Será entrevistado sobre vendas por outras feras do mercado imobiliário, todos com suas empresas associadas à ABMI.


“Expansão: modelo Concreto Imóveis” será um painel também com pratas da casa - Eduardo Cury e Guilherme Cury, pai e filho, que comandam a Concreto Imóveis, associada da ABMI em Bauru, no interior do Estado de São Paulo.


Outra apresentação envolvendo associados da ABMI será o painel sobre estratégia na compra de carteiras de locação, que levará ao palco a diretora da CéuLar, Adriana Magalhães e Ítalo Cardinali, da Imobiliária Cardinali, de São Carlos (SP), sob a mediação de Alfredo Freitas, da Nova Freitas Imóveis, de São José dos Campos (SP).


Haverá ainda sexta-feira atrações como a "Hora e a vez do Marketing" e "Momento Jurídico", painéis que reunirão dirigentes e colaboradores de empresas associadas, para tratar de temas que estão na ordem do dia nessas duas áreas.



47 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page