CNN Brasil contrata 400 jornalistas e deve estrear no segundo semestre

29 Jan 2019

 

 

A CNN Brasil, novo grupo de comunicação que acaba de ser criado pelo empresário mineiro Rubens Menin (foto) e pelo jornalista Douglas Tavolaro, ex-vice-presidente da Record, deve contratar cerca de 400 jornalistas nas próximas semanas.

A colunista Cristina Padiglioni, da Folha de S. Paulo, revelou esta semana que entre os contratados estão figurões do jornalismo brasileiro como Evaristo Costa, William Waack (que quase fechou com a Bandnews), Carla Vilhena, Alexandre Garcia e Sérgio Aguiar, que pediu demissão recentemente da Globonews.

Tavolaro, que antes de ir para a Record foi repórter da IstoÉ, diz estar deixando um dos maiores e mais importantes grupos de mídia do país “com gratidão por tudo o que vivi lá e não poderia estar mais animado sobre esta próxima fase da minha carreira”. Sobre o novo desafio, não esconde seu entusiasmo: “A CNN é um ícone global e a parceria com essa marca é o sonho de um jornalista se tornando realidade”.

O empresário Rubens Menin, fundador da MRV Engenharia, do Banco Inter e da LOG Commercial Properties, será o presidente do Conselho de Administração da CNN Brasil. “Nosso objetivo é contribuir com a democratização da informação no Brasil. Um país com uma sociedade livre e desenvolvida só é construído com uma imprensa plural”, afirma Rubens Menin. O executivo analisa que a chegada da CNN Brasil será positiva para toda a imprensa do país. “Já existem boas plataformas de notícias localmente, mas acreditamos que há espaço para uma nova opção. A chegada de uma grande marca fortalece e valoriza o jornalismo. Estamos felizes e motivados com esse acordo com a CNN”, destaca o executivo.

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no
Curta esse
Please reload