Denúncia de fraude obriga o BB a suspender licitação de 2,5 bi

4 May 2017

O Banco do Brasil decidiu não homologar a licitação feita pela instituição para a escolha de três agências de publicidade. A decisão foi tomada depois que o jornal Folha de S. Paulo publicou, em seu caderno de Classificados, dia 20 de abril, um domingo, anúncio sinalizando que a Multi Solution, uma das concorrentes, iria vencer a concorrência.No anúncio constavam o nome da empresa, o número da concorrência e a frase que ela venceria a licitação. Segundo a Folha, houve direcionamento dentro do Banco do Brasil para garantir que a Multi Solution estivesse entre as contratadas pela estatal.

 

Quatro dias depois saiu o resultado, e a Multisolution realmente estava na primeira colocação. Com a repercussão do episódio, o Banco do Brasil determinou a não-homologação da concorrência, até que auditoria interna apure as denúncias.

Também disputam a conta a Nova/SB e a Z+. A verba publicitáriaé de R$ 500 milhões/ano. O maior contrato nessa área, do governo Temer. E como a concorrência, segundo o edital,  pode ser prorrogada por mais 60 meses, o BB iria investir em comunicação R$ 2,5 bilhões nos próximos cinco anos.

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no
Curta esse
Please reload