Receita atrás de sonegadores

13 Mar 2017

A Receita Federal espera arrecadar R$ 143 bilhões, decorrentes de autos de infração referentes a impostos, multas e juros

devidos por 14.308 pessoas físicas e empresas.

Em 2016, os autos de infração somaram R$ 121,6 bilhões, abaixo dos R$ 155 bilhões esperados no início de 2016 pela Receita. Lágaro Jung Martins (foto), subsecretário de Fiscalização do órgão, revela que isso ocorreu  por causa da paralisação dos auditores fiscais federais; e em 2016, apenas 1,36% das autuações foram realmente pagas.
Cigarros - Existem grupos para monitorar setores como cigarros, bebidas e combustíveis, disse Lágaro Jung. E acrescentou que no caso das bebidas, estão sendo cruzadas informações de toda a cadeia para identificar sonegações. Estão na mira empresas de refrigerantes que compram insumo na Zona Franca de Manaus, com o objetivo de gerar créditos tributários, o que é ilegal, frisa o executivo.

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no
Curta esse
Please reload