top of page
banner-norte-1
  • Foto do escritorCefas Alves Meira

PBH conscientiza motociclistas na Semana Nacional de Trânsito




Em 2022 foram registrados 8.938 acidentes com motocicletas em BH, um crescimento de 12,5% em relação ao ano anterior

A PBH lança na próxima semana, dedicada à busca de mais segurança no trânsito, a campanha “Sobre duas rodas tenha cuidado em dobro”. A estratégia tem como objetivo chamar a atenção da sociedade belo-horizontina para a importância dos cuidados para se salvar vidas no trânsito.

Focadas sobretudo na conscientização dos motociclistas que realizam entregas, e que diariamente se envolvem em situações de risco e acidentes, as peças, criadas pela agência Filadélfia, estarão em abrigos e traseiras dos coletivos da capital, no “Jornal do Ônibus”, e nas redes sociais da prefeitura.


Serão feitas também blitzen educativas ao longo de toda a semana, para abordar e interagir com os condutores de motos que transitam pela capital. A campanha prevê ainda ações em porta de escolas, palestras e apresentações para motociclistas e entregadores. Intervenções

A Prefeitura de Belo Horizonte tem feito intervenções nas vias da cidade para reduzir os acidentes com motocicletas, revela a Secretaria de Comunicação do executivo municipal. Os principais corredores já contam com mais de 500 motoboxes, áreas sinalizadas para as motocicletas nos cruzamentos, que reduzem o conflito entre motos e outros veículos, e trazem ainda maior visibilidade aos pedestres no momento da travessia na faixa. Todos os ônibus do transporte público municipal contam com o adesivo “Ponto Cego”, indicando a existência de uma área na lateral do veículo sem visibilidade para os motoristas dos ônibus. O centro da cidade, por onde circulam diariamente cerca de um milhão de pessoas por dia, também vem ganhando intervenções importantes que visam garantir a segurança do pedestre, diz a Secom. O Programa de Requalificação do Centro de Belo Horizonte – Centro de Todo Mundo – já realizou o tratamento das calçadas em mais de 8 km de vias, faixas para pedestres foram revitalizadas, novas ilhas de travessias foram implantadas e ruas de Zona 30 deram prioridade aos pedestres nas vias do centro da capital. Os ciclistas também foram beneficiados com a construção e revitalização de ciclovias. Atendimento às vítimas

As vítimas dos acidentes têm atendimento feito pelo SAMU, que faz o encaminhamento às unidades de saúde de acordo com a gravidade dos envolvidos. A solicitação para atendimento deve ser feita por contato telefônico, número 192.


“Os dados de acidentes envolvendo motociclistas apontam a importância das ações intersetoriais, e como esse assunto deve ser debatido por toda a sociedade. Nesse sentido, campanhas educativas são fundamentais para conscientizar sobre a segurança viária e os impactos que os acidentes no trânsito trazem para toda a população”, afirma o subsecretário de Promoção e Vigilância em Saúde, Fabiano dos Anjos. Acidentes crescem Nos últimos dez anos a frota de motocicletas cresceu 25% na capital mineira. Eram cerca de 195 mil em 2013 e, dados do Ministério dos Transportes mostram que este ano a frota de motocicletas chegou a 275.460. Um crescimento de 41% na última década. Dados do Relatório de Sinistros/Acidentes de Trânsito de 2022 apontam 12.148 acidentes com vítimas em BH ano passado, com os motociclistas aparecendo como principais envolvidos. Foram 8.938 acidentes com motocicletas, um crescimento de 12,5% em relação a 2021. Das 131 vítimas fatais registradas em 2022, 49 são motociclistas. As motocicletas também são responsáveis por 39% dos atropelamentos na cidade. A diretora da BHTrans, Jussara Bellavinha, coordenadora do Projeto Vida no Trânsito, destaca a importância da campanha e da conscientização para reduzir os acidentes na capital. “É preciso alertar a população sobre os riscos do trânsito, em especial os motociclistas, que são as principais vítimas. Basta um vacilo para a vida mudar para sempre. E errar é humano. Por isso, sobre duas rodas é preciso ter cuidado em dobro”, observa.

A Semana Nacional do Trânsito reúne os órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito, com o objetivo de construir espaços mais seguros e sustentáveis nas cidades. Com o tema “No trânsito, escolha a vida”, a mensagem para as campanhas educativas de trânsito deste ano direciona a sociedade para a busca de uma cultura de segurança no trânsito mais sólida e consistente.


114 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page