top of page
VOCÊ SABE POR QUE OUVE.png
  • Cefas Alves Meira

Mineiros brilham no Prêmio de Jornalismo Abracopel 

 



Henrique Frederico e Júllo Vieira tiveram participação expressiva na premiação

Em sua 17ª edição, o Prêmio Abracopel de Jornalismo teve participação expressiva dos profissionais mineiros, como ficou constatado na solenidade de entrega realizada quarta-feira na Federação das Indústrias de São Paulo.

 

Os dois principais prêmios foram conquistados pelo assessor de imprensa da Cemig, Henrique Frederico, e pelos jornalistas Júlio Vieira e Helen Araújo, da Rádio Itatiaia.

 

Mortes/eletricidade

Com a matéria "Anuário da Abracopel aponta Minas Gerais com a 2ª menor taxa de mortes por choque elétrico no Brasil", Henrique Frederico foi agraciado com o IV Prêmio Especial Anuário Estatístico, disputado por todos os finalistas. A reportagem alertava sobre o aumento de mortes em incêndios por sobrecarga elétrica, que cresceram mais de 300% em dez anos no Brasil.

 

Com a premiação dada a Henrique, é a primeira vez que um assessor de imprensa recebe o troféu. Já Júlio Vieira e Helen Araújo ganharam o 1º Prêmio Especial Qualifio, categoria inédita do Prêmio Abracopel de Jornalismo.

 

Além dos dois principais prêmios, os jornalistas da Cemig e da Itatiaia receberam menções honrosas, respectivamente, nas categorias Assessoria de Imprensa e Mídia Eletrônica Digital Rádio. 

 

Completando a premiação nacional, André Mafra, do canal do Youtube, Engehall Elétrica, foi o vencedor da categoria Mídia Eletrônica Vídeo. Nessa disputa, Henrique Mattede, do canal do Youtube Mundo da Elétrica, obteve menção honrosa. Fechando o dia de vitórias para Minas Gerais, Hélio Domingos Carvalho, profissional aposentado da Cemig, levou o prêmio na categoria Artigo Técnico.

 

O prêmio Abracopel

A Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel) nasceu de uma ideia gerada pela preocupação de profissionais do setor com os inúmeros acidentes que ocorrem devido à pouca importância que se dá aos perigos da eletricidade.

 

Assim, em fevereiro de 2005, esses profissionais se reuniram e fundaram a Abracopel, uma entidade sem nenhuma ligação com qualquer organização do setor e com a isenção necessária para torná-la confiável e merecedora da credibilidade daqueles que conhecem o problema e sabem da importância da prevenção e conscientização da população brasileira no sentido de evitá-lo.

 

O Prêmio Abracopel de Jornalismo foi criado em 2007 com a intenção de estimular os profissionais de mídia a pautarem matérias que tivessem como foco a eletricidade segura.

 

114 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page