• Cefas Alves Meira

Genial/Quaest: 35 milhões de impressões no Twitter


Nascida e sediada em Minas Gerais, a Quaest Pesquisa e Consultoria está conquistando o Brasil, graças a um de seus produtos: a Pesquisa Genial/Quaest, que avalia a disputa pelo Palácio do Planalto e a conjuntura nacional. Os números de janeiro não deixam dúvidas.


Foram 35.380.615 de impressões no Twitter, com 11,843 menções diretas nas redes sociais posteriores à liberação dos dados, na quarta-feira, 12 de janeiro. Somente nos dois dias que se seguiram à divulgação, a pesquisa foi citada em mais de duzentas publicações, gerando reportagens em jornais, revistas, emissoras de TV e rádio, canais da internet e redes sociais.


Crescimento

A série de 24 rodadas de consulta começou em julho de 2021, com 1.299 menções em redes sociais e alcance de 5.370.045 impressões no Twitter. A partir daí, a pesquisa cresceu mês a mês. Em novembro, por exemplo, quando anunciou, de maneira pioneira, a possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vencer a corrida eleitoral já em primeiro turno, obteve 6.917 menções diretas em redes sociais, alcançando 17.984.013 impressões. O recorde, porém, veio agora em janeiro.


Com isso, a Genial/Quaest ganhou credibilidade e já se tornou tão conhecida quanto as consultas feitas por outros institutos nacionais como o Datafolha e o IPEC, que herdou a metodologia do Ibope. Fruto da parceria da Genial Investimentos com a Quaest, a Pesquisa Genial/Quaest é o único levantamento mensal realizado a partir de entrevistas domiciliares no Brasil. A última rodada acontecerá em novembro deste ano.


Seriedade e rigor

Mas qual é o segredo do sucesso? Segundo o cientista político Felipe Nunes, diretor da Quaest, ‘o segredo está na seriedade e no rigor com que conduzimos pesquisas desde 2016. A Quaest amadureceu, nunca parou de inovar, sempre de olho no que é o mais importante: ser capaz de oferecer uma leitura correta dos cenários políticos e de mercado.’


A partir das entrevistas domiciliares, é feita a decupagem, análise e estratificação dos dados por sexo, idade, escolaridade, renda e População Economicamente Ativa (PEA). A pesquisa também recebe tratamento estatístico de pós-estratificação para reduzir as chances de viés de seleção e de não-resposta. Trata-se do primeiro levantamento feito em âmbito nacional que combina coleta domiciliar com modelagem em pós-estratificação.


IPD referência

E se a cereja do bolo é a pesquisa eleitoral em parceria com a Genial Investimentos, a Quaest também mostra força em outros setores. Seu Índice de Popularidade Digital (IPD) se tornou a grande referência na mensuração de saúde de marcas no meio digital. Diversos veículos de comunicação tem publicado o IPD para discutir a força de marcas e personalidades públicas no ambiente digital.


Em seu portfólio, a Quaest já prestou serviços de inteligência de mercado para grandes marcas como MRV, GLOBO, KROTON, Magazine Luiza, C&A e Americanas. A empresa também atendeu empresas públicas e associações como LIGHT, CEMIG, COPASA, SEBRAE, CDL-BH, Fecomercio e Minas Tênias Clube.


‘Temos conseguido crescer 2 dígitos todos os anos e nossa expectativa para 2022 é ganhar ainda mais mercado trabalhando com parcerias com agências, veículos de comunicação e departamentos de marketing’, conclui Felipe Nunes.

71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo