top of page
banner-norte-1
  • Foto do escritorCefas Alves Meira

Araujo investe R$ 100 milhões e vai abrir mais 50 lojas em Minas


A rede, quinta maior do País, tem mais de 300 lojas, instaladas em 50 municípios do Estado

A Drogaria Araujo quer chegar a 350 lojas até dezembro deste ano. Contando hoje com mais de 300 unidades espalhadas por quase 50 municípios mineiros, a rede – a sexta maior do País - vai investir R$ 100 milhões na abertura de novas lojas em 2023, estando presente em mais 11 municípios do Estado.


Com esse robusto investimento, quase mil postos de trabalho serão criados, integrando-se ao corpo funcional da rede, que possui mais de 10 mil colaboradores, como revela reportagem do “Diário do Comércio”, assinada pela repórter Mara Bianchetti.


Faturou 3 bi

Os planos e expectativas para o ano não param por aí, diz a matéria do DC. Depois de alcançar a casa dos R$ 3 bilhões em faturamento em 2022, representando crescimento de 20% sobre o apurado em 2021, a empresa espera repetir o feito neste exercício e crescer outros 20%.


André Giffoni, diretor de estratégia digital e cliente, explica que esses resultados promissores obtidos pela empresa resultam de uma série de esforços e estratégias, como: a) maior eficiência operacional – com o crescimento das chamadas lojas maduras (aquelas que possuem mais de dois anos de operação); b) melhoria do mix, oferta de serviços farmacêuticos propiciando um atendimento diferenciado aos clientes; e c) ampliação das vendas nos canais digitais.


Giffoni, a partir desse contexto otimista, prevê que o próximo bilhão não deve estar longe de acontecer. “A Araujo fez seu primeiro bilhão com mais de 100 anos; alcançou o segundo com 114 anos e, agora, o terceiro, com 117 anos. Os espaços de tempo foram diminuindo e devem ser ainda mais curtos, mas sempre consistentes”, afirma o executivo.


Relacionamento com o cliente

Outra novidade da Araujo para 2023 será um projeto em parceria com a Salesforce, companhia norte-americana que cria e oferece suporte a software de gerenciamento de relacionamento com o cliente, para aprimorar e personalizar a jornada do consumidor, presencialmente ou a distância.


De acordo com o DC, a rede também firmou parceria com a brasileira Meta, empresa de tecnologia e inovação focada em transformação digital, que está dando suporte na revisão e reestruturação de estratégias por meio de uma consultoria completa, focada em todos os setores e operações da Araujo.


Presença no Whatsapp

As vendas online representaram importantes alavancas para a Drogaria Araujo, tanto que a operação digital já responde por 10% do faturamento de a R$ 300 milhões em 2022. O avanço nesse segmento foi 34% maior que o do ano anterior.


No final do ano passado a rede fechou parceria com a empresa de tecnologia Take Blip, tornando-se a primeira farmácia a ter presença no WhatsApp de forma oficial. A novidade, desenvolvida em apenas dois meses, foi possível após resolução que autoriza farmácias e drogarias a usar a API do WhatsApp no Brasil, da qual Take Blip é provedora oficial.


A solução permite navegação pelo catálogo para a escolha de produtos, com o pagamento sendo realizado ainda fora do aplicativo, e os pedidos efetuados entregues em apenas 90 minutos após a confirmação da compra.


“Fomos os primeiros a adotar o modelo de drugstore, o serviço de drive-trhu e a oferecer plantão 24 horas na cidade. Agora, estamos inovando mais uma vez com as vendas por Whatsapp, certos de que a digitalização no atendimento é um importante passo para alcançarmos o nosso objetivo, de manter o crescimento sustentável tendo como base a inovação e o pioneirismo”, frisa André Giffoni.


107 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komentar


bottom of page