top of page
VOCÊ SABE POR QUE OUVE.png
  • Foto do escritorCefas Alves Meira

Almoço de fim de ano dos Veteranos homenageou Hamilton Gangana




Gangana começou a trabalhar no mercado publicitário aos 13 anos

No último dia 14, cerca de sessenta veteranos comunicadores mineiros se reuniram no Restaurante do Minas Tênis Clube I para a quarta confraternização de final de ano do grupo Veteranos da Amizade. O Veteranos foi fundado pelo publicitário José Maria Vargas, durante a pandemia.

 

Durante o animado almoço, o publicitário Hamilton Gangana, 88 anos de praia, de relevantes serviços prestados ao mercado mineiro, famoso também por suas tiradas humorísticas impagáveis e enorme simpatia, recebeu o título de Formidável do Ano 2023.

 

Contar causos

A ideia do fundador do grupo era ter uns dez amigos, conversando sobre a vida, contando causos, se apoiando mutuamente e ajudando o tempo a passar, em tempos de confinamento. O tempo passou, depressa pra alguns, devagar para outros, alguns infelizmente passaram, mas o grupo foi crescendo.

 

Hoje, o Veteranos da Amizade reúne noventa e nove formidáveis, que é o termo como se tratam, brincando, pelo tamanho da amizade que se nutrem e pela importância de cada um na comunicação mineira.

 

O grupo reúne publicitários donos de agência, contatos, gerentes e diretores comerciais de veículos, proprietário de estúdio de áudio, cinegrafista, fotógrafo, empresário de gráfica, de placas. Tem jornalistas de amplas especialidades como: chefes de redação, cronista e repórter esportivo, colunistas políticos, econômico, radialista, apresentadora de tevê, proprietários de veículos de comunicação, dirigentes sindicais, secretários de comunicação, diretores de imagem, atores, teatrólogo, relações públicas, profissionais de marketing e até um membro da Academia Mineira de Letras.

 

Gangana homenageado

Na homenagem prestada ao veterano publiocitário, o emocionado Gangana ouviu os termos de entrega da honraria ao lado de sua esposa, Marilene.

 

O radialista Acir Antão, excelente cantor, interpretou “Amigo”, de Roberto e Erasmo Carlos, o que fez rolar mais lágrimas do homenageado. Tudo terminou com um grande “Parabéns Pra Você”, bolo recheado e muitos brindes. Afinal, estavam entre amigos.   

       

 “Temos companheiro na Academia Mineira de Letras. Temos gente nossa em Brasília, Curitiba e até no exterior.  Aqui, falamos de passado com orgulho, porque fizemos por merecer. Acumulamos idade. Acumulamos história. E, o mais importante: acumulamos amigos. Viva a amizade. Viva o Veteranos”, afirma José Maria Vargas.

 

“O formidável que vamos homenagear nesse almoço, há décadas, é muito importante na minha vida pessoal e profissional, a tal ponto, que foi o primeiro que convidei para formar o Veteranos. Ele é querido. É respeitado. Ele é o cara. Amigos, estou falando do Hamilton Gangana”, disse o fundador do grupo, durante o evento.

“Esta homenagem, simples, mas sincera, que você recebe hoje, vem confirmar a máxima de que a gente colhe aquilo que planta. Não é uma homenagem minha, mas do Veteranos, só que, pela grandeza da nossa amizade, eu tinha que escrever na primeira pessoa. Mas, é unanime na nossa turma que você é merecedor de todas as honras.

Você é um self made man no sentido mais literal da expressão”, complementou, acrescentando:

  

“Filho de um sargento da Polícia Militar e de uma dona de casa, esposa e mãe exemplar, tinha quatorze irmãos.

Ah, trem! O velho sargento tinha bala no revólver.

Não tinha fartura, né Hamilton? Muitas vezes, um irmão chegava da aula de manhã e outro vestia o mesmo uniforme para a aula à tarde. Tudo era dividido, Hamilton. Com certeza é daí que veio o seu espírito de amizade e companheirismo, sempre disposto a ajudar o outro.  Nããão, não tinha fartura.  Mas tinha exemplo. Tinha braveza do velho, que não admitia desvios de conduta. Aí, seu caráter foi sendo moldado.

Você lutou, Hamilton. Lembra-se de quando uma professora não queria que você participasse de uma atividade cultural na escola, porque achava que você era muito pobre? É, mas você teve sorte. Já começou na comunicação trabalhando em veículo: o elevador da rádio Guarani. Ali, você percebeu que poderia subir. E, amigo, como você subiu!  Com o seu poder nato de comunicação, sorriso fácil, perspicácia invejável e uma tremenda força de vontade, galgou todos os degraus – nunca houve atalhos pra você, Hamilton. Foi na porrada. Foi no suor. Foi no esforço. Foi no talento!”

“Fez amigos no mercado. Trabalhou com o Edgar, com o Hélio, Simão.Com todos os bambas. Foi sócio fundador de uma das maiores agências de publicidade da história de Minas: a Hoje. E ali exercitou outra das suas grandes qualidades, que foi sempre ser um excelente patrão. Por isso, repito, eu só poderia escrever esse texto, Hamilton, na primeira pessoa. Fui seu funcionário.

 

 “Sou o publicitário que, em um jantar da propaganda, quando ambos fomos premiados, você disse para todo o mercado que me considerava seu filho. Sou testemunha ocular de um pedaço grande da sua história. Aliás, nossas histórias sempre se cruzaram, mesmo antes da gente se conhecer. Seu pai, o Sargento Gangana, era companheiro de copo do Sargento Araujo, o meu pai, no Pompéia. E o seu irmão, também militar, era companheiro do meu pai, na Força Aérea.

 

“Trabalhar pra você foi como fazer uma segunda faculdade, de Comunicação e de vida. Decorei todas as suas vinhetas engraçadas, que todo mundo adora. Com você, aprendi muito de publicidade, de relacionamento, de camaradagem, de honestidade... de churrasco. Lembra do churrasco dos pretos, no dia treze de maio? Quase entrou pro calendário cultural da cidade. Teve que acabar por excesso de público.

 

“Grande ser humano, você é chefe de uma família linda: a sua esposa maravilhosa, há cinquenta e quatro anos, Marilene Gangana; seus três filhos Hamilton Gangana Júnior, Hélcio e Polyana; seus genros Vinícius e Cíntia e os netos, nessa ordem: Sofia, Isabella e Lucca. Sou padrinho dos seus filhos e você dos meus. Você não me chama mais de filho. Eu entendo. Hoje, sou um septuagenário com um AVC no currículo. Mas somos irmãos, daqueles que de vez em quando quebram o pau, mas nunca, em todas essas décadas de convivência, deixaram de amar um ao outro.

 

“A sua história é de sucesso, amigo.  O menino de parcos recursos, que resolveu ser publicitário, virou um dos maiores da história da publicidade mineira. Foi presidente da Associação Mineira de Propaganda e do Sindicato das Agências de Propaganda de Minas.  Foi Publicitário do Ano. E mais importante que tudo, Sr. Gangana, o senhor é e sempre será um dos maiores nomes do nosso mercado e, com certeza um dos mais queridos por todos. É a lei do retorno. E eu encho o peito pra dizer uma última coisa, que, tenho certeza, falo todos aqui:  amo você meu caro. Parabéns por 88 anos de praia. Que Deus o abençoe”, finalizou José Maria Vargas..      

  

A homenagem

Em seguida, o publicitário Daniel Barros tomou a palavra: “Convidamos o decano do Veteranos, Ricardo Parreiras, para entregar ao Hamilton, em nome todos nós, uma lembrança desse dia. Hamilton, amigo é coisa pra se guardar. É por isso que um grande

amigo seu, que o trata por irmão, vai lhe prestar uma homenagem especial. Pra cantar uma linda música pra você, o grande Acyr Antão”. E continuou:

 

“Chegou a hora do parabéns. No alto dos seus oitenta e oito anos de praia, vamos cantar parabéns pra você. Não pelo aniversário, que já passou. Mas pela sua vida. Peço aos aniversariantes de dezembro que se juntem ao Hamilton pra soprar as velinhas”.

 

Agradecimento

Em discurso emocionado, Hamilton  agradeceu  a homenagem  dizendo ser um privilegiado, por ter começado muito cedo a trabalhar em veículo de comunicação. Entrou no mercado aos 13 anos, quando teve oportunidade de exercer o aprendizado, com estímulos dos corretores de anúncios, de profissionais tarimbados  e  o acompanhamento permanente da evolução do mercado, com a  ideia  de se realizar profissionalmente.

 

Não havia ainda escolas de comunicação, afirmou Gangana, quando começou como redator de RTV na Starlight,  depois Ingleza Levy,  ASA, L&F,  Pontual e Hoje Comunicação, tendo passado por todos os setores da atividade, considerando-se  hoje um vitorioso.

 

 

 

 

129 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page