• Cefas Alves Meira

ALE patrocina a equipe feminina do Atlético Mineiro



O futebol feminino, a cada dia, tem conquistado mais espaço e atraído a atenção do público. Como forma de incentivar e valorizar a modalidade no país, a distribuidora de combustíveis ALE começou a patrocinar a equipe feminina do Atlético Mineiro.

A marca da empresa já está presente na manga da camisa das “Vingadoras”, como é conhecido o time.


Crescimento Segundo pesquisa da consultoria Deloitte, o crescimento dos esportes femininos em todo o mundo tem proporcionado aos patrocinadores uma boa relação de parceria e visibilidade para as marcas. No caso da ALE, a empresa está desenvolvendo uma série de estratégias de ativação para clientes e consumidores que abastecem e utilizam os postos ALE. O contrato da companhia com o time feminino do Galo tem duração de quatro meses, com possibilidade de renovação, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte em Minas Gerais. Segundo o diretor de Marketing e Varejo da ALE, Diego Pires, a companhia mantém relacionamento com o Atlético desde quando patrocinou o time masculino na final do Campeonato Mineiro deste ano. Ele destaca que Minas Gerais é um dos mercados mais representativos para a ALE no país —concentra mais de 300 postos da rede e outros mil clientes B2B (business-to-business)— e é foco da expansão da distribuidora. “O Atlético tem uma força expressiva no estado e os resultados com o patrocínio ao time masculino na final do Mineiro foram muito satisfatórios para a companhia. Por isso, nossas expectativas para essa nova parceria são muito positivas”, afirma. De acordo com Pires, o ambiente digital é um dos espaços utilizados para ativação do patrocínio, e a ALE pretende trazer ainda mais visibilidade para o futebol feminino por meio das redes sociais. “A ideia é apresentar aos seguidores de que forma os campeonatos na modalidade são estruturados, além de mostrar curiosidades sobre esse universo. Os desafios continuam os mesmos em função da pandemia, uma vez que ainda não é possível receber torcedores nos estádios ou promover ações presenciais, mas pretendemos ativar ao máximo essa oportunidade, sempre seguindo as normas de segurança”, destaca. “O Galo vem ampliando investimentos no futebol feminino”, diz o presidente do Atlético, Sérgio Coelho. “O apoio da ALE será muito importante para alcançarmos os objetivos traçados para a modalidade, que são ambiciosos”.

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo