• Cefas Alves Meira

A nova normalidade das empresas e do trabalho


Com a crise mundial gerada pela pandemia, todos aguardam ansiosamente o retorno da vida normal. Mas será que o mundo retornará mesmo ao “normal”?. Ou teremos mudanças significativas a partir dessa experiência traumática?

Negócios e tarefas antes distantes de um modelo exclusivamente digital foram forçados, literalmente, da noite para o dia, a buscar uma alternativa para não ficarem parados. É constante ver notícias, por exemplo, de restaurantes que atendiam somente presencialmente vendendo pelo delivery; profissionais liberais se reinventando, atendendo por vídeo, fazendo lives e aumentando o alcance do seu público; e milhões de pessoas trabalhando pela primeira vez no modelo home office. Um aumento espetacular de utilização das plataformas de reuniões on-line é o que estamos vivenciando. Enfim, muitos negócios passaram por um processo de digitalização a fórceps.

Mais de um mês depois da disrupção, podemos perceber que vão ocorrer, após o fim da quarentena, muitas mudanças na forma de gestão de negócios e no modo de trabalhar das pessoas. Muitos analistas acreditam em uma mudança bastante expressiva, com uma adoção em grande escala do trabalho home office e uma explosão da venda de produtos ou serviços de forma virtual, por exemplo.

Empresas que tinham altos custos para manter seus recursos humanos de forma presencial, como aluguel, vale transporte, energia, enfim, tudo que é relacionado à manutenção de uma empresa, começaram a perceber que podem reduzir despesas e serão as primeiras a não querer voltar para a normalidade de antes. Na mesma linha, aqueles trabalhadores que não se adaptaram a essa fase com disciplina, automotivação, proatividade e interesse pela transformação digital não sobreviverão nos seus postos.

Não acredito em uma mudança tão forte e rápida, mas, certamente, muitas empresas vão mudar sua forma de trabalhar e muitos funcionários vão solicitar a continuidade do trabalho em casa, pelo ganho de qualidade de vida especialmente com horas de deslocamento no trânsito e o estresse gerado. Profissionais e empresas, passada a tempestade, podem sair fortalecidos e ampliar significativamente seu leque de negócios, pela descoberta de um mercado sem limites proporcionado pelo atendimento ou a venda de produtos on-line, que não era explorado anteriormente.

A maioria, no entanto, retornará mesmo ao “normal”. Pelo menos até que alguma realidade diferente no mercado leve a nova mudança.

A pandemia é uma crise de proporções tão gigantescas que deu uma mostra sobre a era do “darwinismo profissional”, que atualiza a teoria de Charles Darwin de que "as espécies que sobrevivem não são as mais fortes, mais rápidas ou inteligentes, mas aquelas que melhor se adaptam às mudanças", numa referência à necessidade das empresas e pessoas de se adaptarem aos novos contextos sociais. E você, está preparado para essa nova realidade?

(*)José Renato Lara é jornalista e CEO da Interface Comunicação Empresarial


0 visualização

Receba nossas atualizações!

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2020  Criado e desenvolvido por Idear Comunicação.

  • Branca Ícone Instagram
  • https://www.facebook.com/blogdocefas
  • https://twitter.com/cefasalves
  • Branca Ícone LinkedIn